"Miroir, Miroir" é um trabalho afiado que mergulha em nossas definições de vaidade, percepções de identidade e imposições estéticas feitas ao corpo feminino. Vemos a artista sentada em uma penteadeira cheia de cosméticos, refletida em vários espelhos, ela se maquia aos poucos. À medida que o ritual progride, ela entra em um estado de total desconexão de seu próprio reflexo, sua expressão fria e zombeteira. Numa espécie de risada sinistra, como que intoxicada por sua própria imagem, a artista olha para o espelho através de uma máscara de palhaço, seu ridículo refletindo habilmente o nosso.

- - -

"Miroir, Miroir" is a pointed work that digs deep into our definitions of vanity, perceptions of identity as well as aesthetical impositions made on women's bodies. We see the artist seated at a cosmetic littered vanity, reflected in several mirrors, she gradually applies make-up. As the ritual progresses she enters into a state of total disconnect from her own reflection, her expression stone then mocking. In a sort of sinister laugh, as if intoxicated by her own image, the artist stares through a clown-like mask into a mirror and our culpability, her ridicule deftly reflecting our own.


HD video, single channel, color, stereo, 02:32 mins, 2009

Using Format